A psicanálise e sua excepcionalidade intrínseca

  Hugo Veigelsberg, um poeta húngaro que publicava sob o nome Ignotus (“desconhecido” em latim), pede a Freud em 1916 que escreva um artigo para a revista literária Nyugat (“Oeste” ou “Ocidente” em húngaro), dirigida por ele e passando por dificuldades no período em função da Guerra. O texto submetido por Freud foi publicado no … Continue lendo A psicanálise e sua excepcionalidade intrínseca

Anúncios

Ancestralidade

Vejo gente criando problemas Pra competir quem sofre mais, porra, são covardes Olhe pras sua nega véia e entenda Que num é em blog de hippie boy Que se aprende sobre ancestralidade ‘Bença’, Djonga     Há um nexo problemático na discussão da ancestralidade, que diz respeito à sua função de elucidação de uma suposta … Continue lendo Ancestralidade

Paradoxos da sombra e do espólio de David

Imagem atribuída a Yeshua Hamashia em calendário de parede brasileiro, 2019   Habitantes do Brasil em um culto em adoração a Yeshua Hamashia, também em 2019   A muitos causa espécie a extensão, o vulto e o caráter mesmo da seita organizada em redor do profeta Yeshua Hamashia; parece mesmo descabido que um reino como … Continue lendo Paradoxos da sombra e do espólio de David

… numa terra muito, muito distante

O clima de tensão era praticamente visível: havia uma espessura, uma expectativa, a espera por algum tipo de catástrofe ou milagre, havia medo e um esforço obviamente inútil de pretender normalidade. Em geral não se via muita gente. Já era tarde, os trens pegavam pouca gente nas estações, os faróis paravam poucos carros junto às … Continue lendo … numa terra muito, muito distante

Resenha de “Outubro”, por China Mieville

Título do livro: Outubro: história da Revolução Russa autor: China Miéville editora: Boitempo título original: October: The Story of The Russian Revolution (Verso Books) 352 páginas ano de publicação: 2017 Endereço para compra no site da editora: http://www.boitempoeditorial.com.br/v3/Titulos/visualizar/outubro China Mieville é um autor prolífico; é verdade que “Outubro” é apenas o terceiro trabalho seu a … Continue lendo Resenha de “Outubro”, por China Mieville

Nanquim

Já antes do mergulho, entregue apenas à aparência e à vivência que evoca, já antes do mergulho o mergulho é um mergulho. É que o nanquim é de um negro profundo, é a presença brilhante de uma textura robusta, ostentosa, ciente de si, provocante. Já antes do mergulho, portanto, só pela perspectiva do mergulho, o … Continue lendo Nanquim