Paradoxos da sombra e do espólio de David

Imagem atribuída a Yeshua Hamashia em calendário de parede brasileiro, 2019   Habitantes do Brasil em um culto em adoração a Yeshua Hamashia, também em 2019   A muitos causa espécie a extensão, o vulto e o caráter mesmo da seita organizada em redor do profeta Yeshua Hamashia; parece mesmo descabido que um reino como …

Continue lendo Paradoxos da sombra e do espólio de David

Anúncios

Contra a Nota Técnica “Nova Saúde Mental”

No dia 4 de fevereiro de 2019 o governo de Bolsonaro publicou a Nota Técnica no. 11/2019, conhecida como "Nova saúde mental". O documento vem sendo criticado por diversos setores, sob diversos ângulos - o Conselho Federal de Psicologia, por exemplo, publicou um repúdio à Nota. Escrevo este texto para expor minha avaliação acerca da …

Continue lendo Contra a Nota Técnica “Nova Saúde Mental”

Índios do Cáucaso: sobre o lugar de fala do homem branco

Numa música já antiga BNegão dizia que “se você não faz parte da solução, então faz parte do problema”. No contexto do Planet Hemp, banda que executou a música de onde retirei o verso de BNegão, a luta era clara: a criminalização da maconha como plataforma de base de um sistema opressor excludente, encarceramento e …

Continue lendo Índios do Cáucaso: sobre o lugar de fala do homem branco

Tranquility Base Hotel & Casino, Arctic Monkeys, 2018

Pensei em escrever uma resenha do novo CD do Arctic Monkeys, "Tranquility Base Hotel & Casino"; aí desisti. Pensei em escrever porque discordei das duas resenhas que li - uma do Tony Aiex para o "Tenho mais discos que amigos.com", outra do Braulio Lorentz para o G1. As duas faziam referências à entrevista que o …

Continue lendo Tranquility Base Hotel & Casino, Arctic Monkeys, 2018

Deriva

Oi! Passo aqui, rapidamente, para compartilhar um espaço amigo: a revista literária virtual Deriva. A deriva lançou ontem sua quarta edição, cujo tema é intimidade. É possível acessar a página inicial da revista aqui. Nessa edição saiu um texto meu, chamado "O gênio ausente" (aproveito para agracecer à editora, Fabiane Secches, pelo convite), mas quero …

Continue lendo Deriva

… numa terra muito, muito distante

O clima de tensão era praticamente visível: havia uma espessura, uma expectativa, a espera por algum tipo de catástrofe ou milagre, havia medo e um esforço obviamente inútil de pretender normalidade. Em geral não se via muita gente. Já era tarde, os trens pegavam pouca gente nas estações, os faróis paravam poucos carros junto às …

Continue lendo … numa terra muito, muito distante