Loucura e intelectualidade: um depoimento e um manifesto

É como se eu fosse um pinguim, um pinguim que passou sua vida em um bloco de gelo; à minha volta só o mar inóspito, até onde a vista alcança, por todos os lados. Eventual e estupidamente, num dia que deveria ter sido um dia qualquer, neste dia eu caí. Caí; estou ali entregue ao … Continue lendo Loucura e intelectualidade: um depoimento e um manifesto

Toda a luz que resta

Dedicado ao Rui e à Isa Em memória do Tio Rui, e de todos os tantos outros Parcialmente inspirado em "One more light", da banda Linkin Park Em um céu de bilhões de estrelas, quem se importa se uma mais se apaga?Se já fraca, esta estrela pouco brilha? Se já velha, poucos em seu brilho … Continue lendo Toda a luz que resta

Tem raízes, o Brasil? Notas de leitura a “Raízes do Brasil”, de Sérgio Buarque de Holanda

O livro não é grande - na edição que usei, publicada em 1976 pela José Olympio Editora, o texto principal ocupa menos de 140 páginas (vindo acompanhado de um prefácio escrito por Antonio Cândido em 1967, que inclui umas dez páginas à encadernação).A publicação original é de 1936, de forma que, curiosamente, tanto o texto … Continue lendo Tem raízes, o Brasil? Notas de leitura a “Raízes do Brasil”, de Sérgio Buarque de Holanda

Sessões online em tratamento psicanalítico – algumas considerações básicas

As transformações nos modos de comunicação vêm se fazendo notar há um tempo no contexto da clínica psicanalítica, e isso vem de antes do coronavírus e antes mesmo da onda de pedidos de atendimento online. O celular, por si só, já tinha mudado um tanto a forma como pacientes se relacionam com seus analistas, e … Continue lendo Sessões online em tratamento psicanalítico – algumas considerações básicas

Submissão

Em "Submissão", publicado no Brasil em 2015 pela Alfaguara, o romancista francês Michel Houellebecq retrata uma França em transição: transição do modelo democrático secular para o modelo islâmico (teocrático, ao que tudo indica). A contrário de nossas intuições mais rápidas (e preconceituosas), a transição não é fruto de uma tomada violenta de poder ou de … Continue lendo Submissão

Convite

Amigxs leitores, este post é um convite. 5 anos depois do "Gente só", o errâncias viaja ao mundo impresso uma vez mais e nasce "Expressões do indizível", minha segunda coletânea de textos curtos de literatura. Quem acompanha o blog já conhece os textos, que foram todos publicados aqui antes. Mas para a ocasião, claro, eles … Continue lendo Convite

Os tempos e os modos da violência à brasileira

Estou até as tampas com suas teorias, seus poemas e partidos revolucionários. Por aqui a palavra Direito não se fez por inteiro. Vagner Souza, “Sofrimento de Fátima”   Certa vez discutia com Vagner Souza, um educador, poeta e amigo, sobre a violência de Estado no Brasil e sobre o impacto dos acontecimentos políticos recentes nesse … Continue lendo Os tempos e os modos da violência à brasileira