Precaria_mente

Eu sempre soube da precariedade, no mínimo porque você nunca me deixava esquecer; mas fui me habituando a pensar que ela era companheira nossa, você se referindo e insistindo em que olhássemos pra ela como se quisesse cultivá-la entre nós. Fui me habituando a pensar nela, a tê-la ali conosco, e por isso me assustei …

Continue lendo Precaria_mente

Anúncios

Aspectos históricos da Reforma Psiquiátrica Brasileira e da luta antimanicomial

palestra proferida no I Simpósio Camiliano de Luta Antimanicomial, realizado dia 20 de maio de 2017 Preliminares: Quero dizer que estou muito feliz em estar aqui e em poder participar desse evento. Quero agradecer ao Centro Acadêmico, à Liga de Saúde Mental e à Hemily Rocha pelo convite, e quero parabenizar a todos envolvidos pela …

Continue lendo Aspectos históricos da Reforma Psiquiátrica Brasileira e da luta antimanicomial

Os afetos políticos na clínica

INTRODUÇÃO Em fevereiro deste ano circulou em alguns sites – e, a partir deles, em redes sociais – a notícia de que a “TDD” (Trump Depressive Disorder) havia sido ratificada pela American Medical Association, uma das maiores associações corporativas de médicos nos Estados Unidos. A matéria constava em uma série de páginas (como Huffington Post …

Continue lendo Os afetos políticos na clínica

Equipamentos de saúde mental – lógica, situação e perspectivas

[Esse é o texto de base para uma apresentação que fiz na Semana de Psicologia da São Camilo, compondo a mesa sobre Luta Antimanicomial, em 15 de setembro de 2016]   Apresentação Bom dia. Queria começar agradecendo aos companheiros de mesa, aos organizadores do evento, à São Camilo e a quem compareceu. Sinto que tenho …

Continue lendo Equipamentos de saúde mental – lógica, situação e perspectivas

Fala na mesa “O papel dos psicofármacos na clínica contemporânea”, Semana da Psicologia USP 2015

Compartilho aqui o texto que usei como base para minha participação na mesa "O papel dos psicofármacos na clínica contemporânea", que fez parte das atividades da Semana da Psicologia da USP - 2015. O link para o vídeo da mesa está disponível no YouTube, é só clicar aqui. Aproveito para agradecer à Comissão do Evento, …

Continue lendo Fala na mesa “O papel dos psicofármacos na clínica contemporânea”, Semana da Psicologia USP 2015

ENCONTRAR-SE – Minha experiência na saúde mental de Taboão da Serra e meu compromisso comigo mesmo

                Dou-me, por uma vez, o direito de ser brega, consciente e descaradamente; espero que a oportunidade justifique a falta de classe.                 Tive vida agitada ultimamente, muitas mudanças em muito pouco tempo – a maioria das mudanças muito boas e interessantes, pelo que sou grato. Trouxeram, no …

Continue lendo ENCONTRAR-SE – Minha experiência na saúde mental de Taboão da Serra e meu compromisso comigo mesmo

Carta Aberta dos Trabalhado​res do CAPS Butantã

Escrevo para ajudar a divulgar uma nota lançada recentemente (na realidade 11 de fevereiro) pela equipe do CAPS Butantã, aqui em São Paulo. Segue a nota: Nós, equipe de funcionários públicos da saúde do Centro de Atenção Psico Social do Butantã (CAPS Butantã), recebemos hoje a notícia que o CAPS Butantã será incluído no Chamamento …

Continue lendo Carta Aberta dos Trabalhado​res do CAPS Butantã

Ressentimento e resignação no trabalho em saúde mental pública: relato de uma experiência em CAPS II

RESUMO Trata-se de um relato de experiência referente a um ano e meio de trabalho em um CAPS II localizado próximo à cidade de São Paulo, SP. O autor participou do lento e atravancado processo de implementação e inauguração do serviço e assistiu aos diversos entraves em meio aos quais a empolgação e energia da …

Continue lendo Ressentimento e resignação no trabalho em saúde mental pública: relato de uma experiência em CAPS II

Comentário a “Regras de linguagem na psiquiatria – burocracia e má fé”, de Franco Benetti

Jorge Luís Borges não era um entusiasta do elogio das criações; para ele as ideias ocorriam à pessoa a quem ocorriam por acaso, e não por mérito – é exemplar nesse sentido o prefácio de um livro seu em que ele se desculpa aos leitores se eventualmente escreveu algo que “pertencia” ao leitor antes que …

Continue lendo Comentário a “Regras de linguagem na psiquiatria – burocracia e má fé”, de Franco Benetti

Produção crítica frente aos manuais diagnósticos psiquiátricos no Brasil hoje – um comentário

Postei há pouco tempo uma crítica ao DSM 5 publicada por uma associação de psicólogos clínicos britânicos. Quis traduzir esse texto, tão marcado por sua inscrição regional e corporativa, porque ele me parece representativo de uma confrontação pertinente das problemáticas relativas aos manuais diagnósticos em psiquiatria. A pertinência desse texto, no caso, é justamente o …

Continue lendo Produção crítica frente aos manuais diagnósticos psiquiátricos no Brasil hoje – um comentário