Construir as pirâmides

Estamos despertos, atentos, engajados: diligentemente caminhamos, passo firme, para cá e para lá, arrumando com esmero a cova rasa que em breve será nossa morada. Ou melhor: que já é nossa morada. Aqui vivemos, dia e noite, e se há algum lugar no mundo que podemos chamar de casa, só poder ser este. Talvez não … Continue lendo Construir as pirâmides

Anúncios

Por demos

Onde, quando estiver, onde? Nessas largas ruas, nessas parcas calçadas? No já não lembrar da terra soterrada? No poder mudar por já não querer nada? E se não? E se por outros, loucos, caminhos? Ou se não loucos, mas tão evidente, vergonhosamente outros? Óbvios, e supostamente nossos? E se pela ancestralidade? E se não cosmopolita? … Continue lendo Por demos

Rendição premiada, delação de nada

Fugiremos, como pudermos, e o sol nos acolherá com o que se nos faz necessário. O tempo escasso cobrará seu último grão e estaremos finalmente sem tempo, tendo conosco só o tempo do mundo – todo o tempo do mundo. Veremos quem não conhecemos ainda, seremos ninguéns de passagem, sempre de passagem, e ao cabo de … Continue lendo Rendição premiada, delação de nada

10 movimentos para tentar pensar, e uma pirueta no final porque eu não me aguento

1. Anti-pt, anti-corinthians, anti-judeu, nada disso tem o estatuto de posicionamento ativo: são mais propriamente tampões de ressentimento social, que situacionalmente adquirem o papel de cheques em branco. 2. É possível ser anti-pt de forma construtiva, obviamente, mas isso depende da assunção clara de um projeto de oposição e da articulação de postura e projeto … Continue lendo 10 movimentos para tentar pensar, e uma pirueta no final porque eu não me aguento

Parar o trem

[Esse texto é uma homenagem ao blog de Naty Noguchi] Certa vez houve um debate, na França, entre dois grandes intelectuais: Foucault e Chomsky. Discutiam política e engajamento militante. Em algum momento do debate Chomsky levanta o ponto que gravou em mim indelevelmente o debate e a questão;  dizia ele: se os cidadãos em algum … Continue lendo Parar o trem

ENCONTRAR-SE – Minha experiência na saúde mental de Taboão da Serra e meu compromisso comigo mesmo

                Dou-me, por uma vez, o direito de ser brega, consciente e descaradamente; espero que a oportunidade justifique a falta de classe.                 Tive vida agitada ultimamente, muitas mudanças em muito pouco tempo – a maioria das mudanças muito boas e interessantes, pelo que sou grato. Trouxeram, no … Continue lendo ENCONTRAR-SE – Minha experiência na saúde mental de Taboão da Serra e meu compromisso comigo mesmo