Manifesto do Movimento Psicanálise, Autismo e Saúde Pública

                Circula pela internet, e chegou a mim hoje, um manifesto tornado público em nome do Movimento Psicanálise, Autismo e Saúde Pública. O Movimento já está em operação há algum tempo – começou a se formar, para ser mais preciso, logo após o lançamento do edital do Governo do … Continue lendo Manifesto do Movimento Psicanálise, Autismo e Saúde Pública

Anúncios

Posicionamento pessoal frente ao manifesto CAPS Itapeva ou O anônimo, o coletivo, o corporativo

Ontem compartilhei uma carta aberta, divulgada através de grupos de e-mails, em que alguém (a carta circulou anônima) repercute as demissões ocorridas no CAPS Itapeva no início desta semana. Na realidade quem chama o texto de carta aberta sou eu, porque o texto foi publicado como manifesto – manifesto em defesa do SUS do CAPS … Continue lendo Posicionamento pessoal frente ao manifesto CAPS Itapeva ou O anônimo, o coletivo, o corporativo

Vértices da alienação (2010)

Em Cidades Invisíveis, de Ítalo Calvino, Marco Polo narra a Ghengis Khan as cidades fantásticas que encontrou ao longo de suas viagens; cidades sem fim se seguem no livro, breves relatos, como se fossem sonhos, cidades não-todas, cidades-proposta, cidades-fantasia. Em meio aos relatos, Khan e Polo se desafiam, pensando se as cidades invisíveis são fato, … Continue lendo Vértices da alienação (2010)

Acompanhamento terapêutico e seu “espaço legítimo”

                Alguns anos atrás conheci uma instituição particular, fechada, de tratamento para dependentes de álcool e drogas; era uma instituição de referência, onde o tratamento era bem caro. Cheguei nesse lugar com a perspectiva de integrar a equipe de ATs que acompanhava as saídas eventuais de alguns dos pacientes do lugar, aos finais de semana. … Continue lendo Acompanhamento terapêutico e seu “espaço legítimo”

PSICANÁLISE, PSIQUIATRIA E HISTÓRIA

 INTRODUÇÃO Ela faz análise comigo já há bastante tempo1; tem uma dificuldade bastante grande para associar, e com frequência retoma temas que parecem uma reflexão introspectiva, mas que são marcados pela repetição e não-pensamento. Fui aprendendo que é importante respeitar a necessidade dela de retornar e se demorar um pouco nesse moto-contínuo, bem como percebi … Continue lendo PSICANÁLISE, PSIQUIATRIA E HISTÓRIA

A CRÍTICA AO DSM NAS PESQUISAS BRASILEIRAS

Impasses em nome da pertinência na pesquisa universitária       Por alguns anos fiz parte de um grupo de pesquisa em um laboratório da USP, formado por pesquisadores da Psicologia e da Filosofia. O projeto, inicialmente, tinha por propósito configurar uma espécie de manual de psicopatologia ancorado em bases distintas daquelas em que se … Continue lendo A CRÍTICA AO DSM NAS PESQUISAS BRASILEIRAS