A parábola do governante

Houve um governante, que governou muitas vezes, muitos lugares e por muitos tempos.

 Talvez eu devesse dizer que há um governante, e não que houve, dada a atualidade de seu jugo; mas o poder repressivo e dominador do tempo presente me intimida, de forma que recorro ao passado.

Talvez eu devesse dizer também que ele, governando, foi e é muito mais que um homem; mas corro o risco de perdê-los diante de sua apenas aparente multiplicidade, de forma que insisto, ainda que sob risco, em que é de apenas um homem de que se trata.

Esse homem governou impérios que não tinha jamais visto. Incomodado, pediu que o descrevessem. Insatisfeito, pediu que o desenhassem. Instigado, pediu que tornassem o desenho tão fiel quanto possível, e o desenho desdobrou-se sobre o próprio terreno e tomou-o e sufocou-o por completo. Contrariado, remeteu sua representação a uma ilha que pudesse controlar por completo, onde fizeram de seu reino uma maquete que ele, desimpressionado, deixou envelhecer e perecer, suas miniaturais posses corroídas pela cobiça do tempo e da erosão e de seus capatazes. Envelhecido, fez com que seus sábios vertessem seu império em uma série de fórmulas, de forma que pudesse dominar seu domínio sem percorrê-lo, vê-lo ou sequer tê-lo em mente. Desgovernado, manipulou suas estatísticas, dominou seus cálculos, calculou seus lucros e sangrou seu império à caça dos cálculos mais protuberantes. Desguarnecido, enfim, pela sabedoria de seus sábios, tragou-se ele mesmo em uma definitiva equação, vazou-se em tinta esparramada em papiros e guardou-se, apaziguado, na biblioteca de seu decadente reino, à espera dos alienígenas que divinamente o abririam para além de seu descabido domínio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s