Exílio Mudo

O sol nasce – ou tenta. Nuvem, neblina, fumaça, cortina, algo se põe entre o mundo e ele mesmo; do alto do prédio, de dentro do concreto, mas através da janela, nada se vê além do palmo diante do nariz que me cabe. Desse palmo, posso ver meu apartamento, meu umbigo – do ventre para … Continue lendo Exílio Mudo

Anúncios

impertinências

Talvez seja simples. Talvez seja assim. Talvez toda essa história d'a soma dos medos, a soma dos atos etc. não passa de baboseira e o homem é o que é, um punhado de acasos, uma esquina de mundo sem número, um conjunto de impertinências. E a soma dos erros e dos medos não significa absolutamente … Continue lendo impertinências