Às margens do tempo

  Pequenos ou grandes, velozes ou vagarosos, ocupados por taciturnos ternos ou preocupados velhinhos, eles passavam, e passavam, e passavam - carros, ônibus, caminhões; em algum lugar próximo a ele um trem passava, ruidoso. A hostilidade do alarido urbano e uma espécie de claridade excessiva estavam-no deixando zonzo. Ele olhava. Parado na calçada, o corpo … Continue lendo Às margens do tempo